Resenha: Extraordinário

16:14:00






Título: Extraordinário  
Autora: R. J. Palácio 
Editora: Intrínseca  
Páginas: 313  





Sinopse: August (Auggie) Pullman nasceu com uma síndrome genética cuja sequela é uma deformidade facial, que lhe impôs diversas  cirurgias e complicações médicas. Por isso ele nunca frequentou uma escola de verdade... até agora. Todo mundo sabe que é difícil ser um aluno novo, mas ainda quando se tem um rosto tão diferente. Prestes a começar o quinto ano em um colégio particular de Nova York, Auggie tem uma missão nada fácil pela frente: convencer os colegas de que, apesar da aparência incomum, ele é um menino igual a todos os outros.
Narrado na perspectiva de Auggie e também de seus familiares e amigos, com momentos comoventes e outros descontraídos, Extraordinário consegue captar o impacto que um menino pode causar na vida e no comportamento de todos, família, amigos e comunidade - um impacto forte, comovente e, sem dúvida nenhuma, extraordinariamente positivo.



O que eu penso sobre: Li esse livro ano passado e confesso que o comprei pela cor e beleza da capa... Não fazia ideia do que se tratava a história. Então uma amiga me viu com ele e disse que era maravilhoso... E como ela havia me indicado O  Pequeno Príncipe ( estou devendo a resenha dele aqui... Farei! ), acreditei... Li e me apaixonei. Perdidamente...
Extraordinário faz jus ao nome que tem. Por mais infantil que pareça, as mensagens implícitas e explícitas são lindas e verdadeiras, são humanas! E tocam qualquer um...


"Grande é aquele cuja força  conquista mais corações pela atração do próprio coração." 


O livro tem como protagonista August Pullman ( me apaixonei pelo nome logo de cara... Me lembrou um certo rapazinho que usa cigarros metafóricos! Hehehehe), um garoto que por causa da genética, nasceu com uma deformidade no rosto.
A história mostra a convivência com os pais e a irmã mais velha, o desafio de ir à escola numa fase onde as crianças conseguem ser tão cruéis...

Na minha opinião, Auggie é um vencedor simplesmente por "estar vivo", quer dizer, o livro explica todos os problemas que ele teve que enfrentar enquanto crescia, e o fato de ser praticamente um milagre, E por mais que se irritasse com olhares maldosos  e idiotas, acho que ele é gracioso e maduro. 

Extraordinário também é narrado por mais de uma pessoa, o que foi uma escolha esperta da autora, pois nos dá várias visões e ângulos do tema, nos fazendo ter mais de uma possível opinião. 

Sem contar nos preceitos( alguns trechos famosos de músicas, livros ou citações...) tão lindamente escolhidos e citados durante o livro.


"Apenas siga o dia e busque o sol!
(The Polyphonic Spree) "



"Toda pessoa deveria ser aplaudida de pé pelo menos uma vez na vida, por que todos nós vencemos o mundo.
- Auggie "



"Seus feitos são seus monumentos.
-Inscrição em uma tumba egípcia "


E é isso... Beijos!

You Might Also Like

10 comentários

  1. Midi, Extraordinário é um livro realmente extraordinário! É um dos meus preferidos, com certeza! Tocam qualquer um mesmo. Não lembro se chorei, mas sei que fiquei extremamente feliz pelo Auggie. Sério, deveriam existir muitas mais pessoas como ele.
    Beijos,

    http://lucyintheskywithbooks.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, Renata... Esse livro me tocou de um jeito.. Eu chorei, hahahahha! Mas não por ser triste, foi em momentos lindos e amorosos...

      :*

      Excluir
  2. Oi Midian,
    Ah esse livro é um dos meus favoritos desse ano, simplesmente lindo e tão verdadeiro.
    Auggie é um vencedor. Um livro que todos deveriam ler, uma narrativa simples e muito sincera que nos mostra de vários ponto de vista como você disse várias opiniões a respeito desse "preconceito".
    Sem dúvida é um livro que vou carregar pra vida toda.

    Beijos!
    http://lovesbooksandcupcakes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Tahis!
      Também é um dos meus favoritos... E eu também levarei pra vida toda! :) É perfeito!
      :*

      Excluir
  3. Amei a resenha, já li o livro e amei!
    adorei o nome do blog

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, obrigada Gregorio. O nome foi escolhido com muito amor e inspirado em duas "coisas" que amo...
      E esse livro..Não tem como não amar, não é?!
      Obrigada pela visita e volte sempre que quiser... Hahahaha
      Beijos!

      Excluir
  4. Não tem como ler esse livro e não se apaixonar! Na época em que li peguei emprestado de um amigo e quase que não devolvi porque o queria para mim :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahaha, eu comprei logo pra não virá uma criminosa. :D
      Ele é mesmo lindo e apaixonante.
      Beijos!

      Excluir
  5. Aiii que lindo, já quero ler! *-*
    www.nogueiralaila.wix.com/docecantinho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É mesmo lindo, Laila, você não vai se arrepender! :*

      Excluir