Resenha: Trilogia Grisha - Livro II - Sol e Tormenta

15:59:00


Título: Sol e Tormenta 
Autora: Leigh Bardugo 
Editora: Gutenberg 
Páginas: 368












Sinopse: Perseguida ao longo do Mar Real e aterrorizada pela memória dos que se foram, Alina Starkov tenta levar uma vida normal com Maly em uma terra desconhecida, enquanto mantém em segredo sua identidade como Conjuradora do Sol. Mas ela não pode ocultar seu passado e nem evitar seu destino por muito mais tempo. Ressurgido de dentro da Dobra das Sombras, o Darkling retorna com um aterrorizante e novo poder e um plano que irá testar todos os limites da natureza.
Contando com a ajuda e com os ardis de um admirável e excêntrico corsário, Alina retorna ao país que abandonou, determinada a combater as forças que se reúnem contra Ravka. Mas enquanto seus poderes aumentam, ela se deixa envolver pelas artimanhas do Darkling e sua magia proibida, e se distancia cada vez mais de Maly. Ela será então obrigada a fazer a escolha mais difícil de sua vida: ter sua pátria, seu poder e o amor que ela sempre pensou ser seu porto-seguro ou arriscar perder tudo na tormenta que se aproxima.


#TALVEZ TENHA SPOILER DE SOMBRA E OSSOS

O que eu penso sobre: Meu Deus, que livro fantástico!
A primeira coisa que notei enquanto lia foi: Estou com um problema sério de não conseguir odiar os vilões. Como pode? Desde as primeiras palavras do livro eu só queria saber por onde andava o Darkling! :P 

Segundo livro de uma trilogia, Sol e Tormenta da continuidade aos acontecimentos de Sombra e Ossos, onde Alina, uma garota que aparentemente era comum, se descobriu como a Conjuradora do Sol, um dos poderes mais  e raros "fortes" de toda a "raça" Grisha.
Em Sombra e Ossos, após descobrir que o Darkling não era quem dizia ser, Alina foge e acaba encontrando Maly, seu amigo e amor de infância. Os dois vão à procura de um ser, que a partir dele poderia ser criado um amplificador muito poderoso. Conseguem encontrar, mas como nada é tão fácil, o Darkling os encontra e toma pose do poder de Alina,  a levando para a Dobra e massacrando muitas pessoas. Ela consegue escapar e foge com Maly.

Voltando ao ponto em que parou no primeiro livro, Sol e Tormenta se inicia com Alina e Maly fugindo, primeiro em alto mar, depois em um pequeno povoado. Suas tentativas de fuga acabam frustradas quando o Darkling aparece - Ufa!- e os captura, os levando novamente para o mar e se mostrando cada vez mais ambicioso e perigoso.


"-Existe outro como o cervo? 
-Eles foram feitos para serem usados juntos, Alina. São únicos, assim como nós dois."

Outros personagens aparecem, de uma forma importantíssima para o desenvolvimento da história. Alguns personagens já haviam sido citados anteriormente e entraram na história de forma abrupta e interessante.

Esse livro é repleto de loucuras, romances conturbados, desilusões e dúvidas amorosas. Mais um rapaz entra na história para arrancar suspiros, e despertar divergências de opiniões.


"Quando as pessoas dizem impossível, geralmente querem dizer improvável."

A protagonista mudou bastante desde o primeiro livro, em alguns pontos pelo menos, e essas mudanças a deixam um tanto perturbada. Seu poder aumenta, mas com ele vem o  preço.



O final do livro foi aterrorizantemente emocionante. Me deixou sem fôlego, eu quis gritar, chorar, rir, e fiquei embasbacada! O rumo que a autora levou a personagem me deixou espantada e achei bastante inteligente.


 "Quanto menos você disser, mais peso suas palavras terão."


Leia também: Sombra e Ossos

E é isso, beijos!

You Might Also Like

0 comentários