Resenha: Fazendo meu filme - Livro I - A Estreia de Fani

13:41:00






Título: Fazendo meu Filme: A Estreia de Fani 
Autora: Paula Pimenta 
Editora: Gutenberg 
Páginas: 336







Sinopse: Fazendo meu filme é um livro encantador, daqueles que lemos compulsivamente e, quando terminamos, sentimos saudade. Não há como não se envolver com Fani, suas descobertas e seus anseios, típicos da adolescência. Uma história bem-humorada e divertida que conquista o leitor a cada página.
Seja a relação com a família, consigo mesma e com o mundo; seja a convivência com as amigas, na escola e nas festas; seja a relação com seu melhor amigo e confidente. Tudo muda na vida de Estefânia quando surge a oportunidade de fazer um intercâmbio e morar um ano em outro país. As reveladoras conversas por telefone ou MSN e os constantes bilhetinhos durante a aula passam a ter outro assunto: a viagem que se aproxima.
É sobre isto que trata este livro: o fascinante universo de uma menina cheia de expectativas, que vive a dúvida entre continuar sua rotina, com seus amigos, familiares, estudos e seu inesperado novo amor, ou se aventurar em outro país e mergulhar num mundo cheio de novas possibilidades. As melhores cenas da vida de Fani podem ainda estar por vir.



O que eu penso sobre: Ah, que livro mais amorzinho! 
Eu queria começar o ano lendo um livro leve, fácil de ler, então escolhi Fazendo meu Filme, por ser infanto- juvenil, nacional e ser tão aclamado por muitos leitores. E não me arrependo da escolha que fiz. Comecei o ano com o pé - literário - direito.

O livro é narrado na primeira pessoa por Fani, uma garota de dezesseis anos, que estava um tanto confortável com sua situação. Tinha amigos legais, um amor platônico por um dos professores, uma relação "ok" com os pais... Mas tudo começou a mudar de repente, e ela se vê em meio a diversas confusões, descobertas, revelações, escolhas e surpresas.


" Incrível como a vida da gente sempre fica suspensa na mão de outras pessoas..."

A leitura é tão divertida... E de fácil entendimento, e de certo modo, atemporal... Acredito que uma garota de quatorze ano e uma senhora de cinquenta poderiam facilmente se divertir lendo esse livro. Aliás, na capa do livro tem depoimentos de leitores e uma senhora de cinquenta e oito anos diz que a autora narra com maestria o sentimento das adolescentes de todas as épocas. E eu concordo plenamente. Essa não é a minha primeira experiência com a autora, eu já havia livro outros livros dela, porém, ela conseguiu me conquistar ainda mais, se é que isso é possível.

As citações no início dos capítulos, os trechos de músicas em alguns momentos, só agregaram ainda mais valor a obra. Me deixou curiosa sobre os filmes em questão, sobre as músicas...

O final foi um emaranhado de sentimentos loucos. Fiquei rindo, e chorando,  ansiosa para que as coisas dessem certo para a personagem, e sofrendo por antecipação... E por fim, me arrependi por ter comprado APENAS o primeiro livro da série. Preciso urgentemente da continuação!

" Os corajosos podem não viver para sempre, mas os cautelosos não vivem nada."
( O diário da princesa)





E é isso, beijos!

You Might Also Like

5 comentários

  1. Oi Midian! Te recomendo você comprar logo o resto dos livros porque sempre no final de cada um você morrer de vontade pela continuação haha. Eu terminei essa série com um sorriso no rosto, é impossível não se encantar com a história da Fani. Amei o post, um grande beijo,

    http://queremosmaislivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahaha, eu tô pensando seriamente nisso! Claro que precisarei juntar uma grana preta, mas já tô sofrendo de curiosidade, assim como tô sofrendo por A Maldição do Tigre ( por antecipação já que ainda nem terminei de lê-lo...)

      Beijos!

      Excluir
  2. Oi Mi!
    Essa série é um amor mesmo, eu sou completamente apaixonada por ela, estou lendo o quarto livro com o coração na mão, por ser o último rs'
    O meu favorito é o segundo livro e que pena que você não comprou, imagino a sua aflição para saber o que vai acontecer rs' eu fiquei louca na época e corri para comprar o livro. Adoro quando vejo as pessoas gostando das séries que eu amo.

    Beijos!
    http://lovesbooksandcupcakes.blogspot.com.br//

    ResponderExcluir
  3. Oi, Midi! Sério que a história é tão boa assim? Eu sempre tive a impressão de que a acharia meio infantil, justamente por ela ser infanto-juvenil. Sua resenha me fez repensar aqui. Acho que uma hora vou dar uma chance :)

    http://sobrecontarhistorias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Fê! Mulher, eu AMEI! Mas isso vai de pessoa pra pessoa, ele não é infantil, na minha opinião, mas é bem adolescente (bem minha cara, apesar de tá quase nos vinte, hahahah)! Se você tá naquele climinha adolescente, então é uma boa ;)

      Beijos

      Excluir