Resenha: O Despertar da Princesa de Fogo - A ordem dos Dragões

19:12:00





Título: A ordem dos Dragões 
Autora: Josy L. Dias 
Editora: Baraúna 
Páginas: 368






Sinopse: “Como você age depois de escutar coisas bizarras e de saber que pode simplesmente ter uma morte premeditada em poucos dias? O único modo que eu posso imaginar é lutando para viver.” Foi desta maneira que vida dela começou realmente, ao entrar em mundo sobrenatural, onde exitem criaturas que ela nunca considerou reais. É nesse momento que a amizade entre Aislin, Beta e Grady passa a ser constantemente testada devido aos inúmeros perigos que os cercam, será que a amizade pode ser mantida frente a tantos problemas e desafios mortais? Ela tinha achava que estava apaixonada pelo inimigo, mesmo sem vê-lo, porém um guerreiro aparece neste momento e a deixa confusa com o turbilhão de sensações que ele causa nela, só por olha-la. “Como eu faria isso dar certo? Ele passaria o dia e a noite comigo, seria um tormento constante, pois por mais que eu não quisesse admitir ele me atraía. Com o Alex era diferente, o Taurus me deixava inquieta de uma forma bruta, nem conseguia colocar em palavras.” O Livro escolhe os sobrenaturais para uma jornada onde só a resposta ao que houve com a princesa Aislin pode parar a Guerra. Nessa escolha há amigos e inimigos juntos, porém será que eles tem os mesmos propósitos? Assim começa uma jornada que não ninguém sabe para onde vai, eles só sabem que tem que fazer e encontrar respostas sobre os dons, mais a que preço... "Pensar no que estava por vir não adiantaria. Tentar prever tudo o que poderia ou não acontecer com os meus amigos, família, e principalmente com os meus sentimentos não me levariam a lugar nenhum, era como estar no meio do deserto e não saber para onde ir." 


O que eu penso sobre: Eu demorei mais do que deveria para ler esse livro, pois a autora o disponibilizou para mim em PDF, e como estava sem meus óculos –ainda estou, aliás – ficou bem difícil... Mas, aqui estou eu, para resenha-lo. 


O despertar da princesa de fogo é um tanto diferente dos livros de fantasia – e vampiros – que já li. Ele tem um emaranhado de seres surreais (como fadas e bruxos, que são considerados inferiores, uma raça inferior...), que apesar de não ser tão diferente e incomum, a autora deu um leve toque pessoal na sua versão...  O universo, as características dos personagens...  
O modo como ela escreveu sobre o vampirismo foi bem diferente, em minha opinião... Quer dizer, no livro, os vampiros podem ter filhos, e só se tornam propriamente vampiros no aniversário de dezoito anos, após uma cerimônia...




A protagonista me surpreendeu, logo a princípio... No seu aniversário de dezoito anos ela descobre coisas importantíssimas sobre sua vida e seu passado, e... Reage bem demais. Eu, em seu lugar, teria surtado horrores.  Acredito que a autora quis passar um ar maduro, e se essa foi sua intenção, conseguiu. Claro que isso não foi um problema. O fato da personagem ser tão madura só provou que ela era merecedora dos poderes que tão logo receberia...

Os demais personagens também foram bem escritos, e descritos. Não me “conectei” com nenhum deles, mas cada um passou a sua própria verdade, fez o seu papel para com a história.

A leitura é fácil, apesar de a narrativa ser um tanto lenta e sem emoção... Alguns pontos foram mal descritos, muito rápidos... 

A autora faz diversas referências há coisas do nosso cotidiano, como uma música do Pharrell Williams, Happy, ou mesmo livros como Crepúsculo, dando um ar real, aproximando o leitor da história.

Não tenho uma opinião concreta sobre o final... Apesar de não ter gostado de alguns pontos específicos na história, fiquei curiosa para saber o que aconteceria logo a seguir.









E é isso, beijos! 

You Might Also Like

3 comentários

  1. Oi Midian!
    Não conhecia o livro. Adoro livros sobrenaturais, mas acho que vampiros já deu um pouquinho pelo menos para mim. Não sei se leria esse livro por agora, quem sabe mais pra frente.

    Beijos!
    http://lovesbooksandcupcakes.blogspot.com.br//

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Tah!
      Sim, faz tempo que li algo sobre vampiros, por que já estava cheia de Crepúsculo, haha!
      Sim...

      Beijos

      Excluir
  2. Oi, Midi!
    Eu gostei da menina na capa, não sei por quê, haha. Ainda não conhecia a história, mas ela me pareceu ser bem interessante. Essa forma de se tornar um vampiro com certeza é diferente.
    Beijos!

    http://sobrecontarhistorias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir