Resenha: Mentira Perfeita

18:46:00





Título: Mentira Perfeita 
Autora: Carina Rissi 
Editora: Verus
Páginas: 362



Sinopse: Júlia não tem tempo para distrações. Ela é brilhante e sempre se esforça para ser a melhor naquilo que faz; por essa razão, sua vida pessoal acabou ficando de lado. Algo que sempre preocupou sua tia Berenice. Gravemente doente, a mulher teme que Júlia acabe completamente sozinha quando ela se for. Júlia faria qualquer coisa qualquer coisa mesmo! por tia Berê e, em seu desespero para agradar a única mãe que já conheceu, inventa um noivo enquanto torce por um milagre... E então o milagre acontece: Berenice se recupera e, assim que deixa o hospital, gasta todas as suas economias com o casamento dos sonhos para a sobrinha. Como Júlia pode contar a ela que mentiu, com a saúde da tia ainda tão frágil? É quando Júlia conhece Marcus Cassani. Ele é irritantemente cínico, mulherengo e lindo de um jeito que a deixa desconfortável. Marcus também está enfrentando problemas, e um acordo entre eles parece ser a solução. Tudo o que Júlia sabe é que deveria se afastar de Marcus. Mas seu coração tem uma ideia muito diferente... Mentira Perfeita é um spin-off de Procura-se Um Marido, uma história que se passa no mesmo universo da primeira. Aqui você vai conhecer novos personagens inesquecíveis, além de rever aqueles que já moram no seu coração.

O que eu penso sobre:  Entrou para a lista dos favoritos, sem dúvidas!

Eu já sabia que amaria esse livro, antes mesmo de ter lido, porque a Carina Rissi nunca me decepcionou com seu jeito de escrever e me fazer ficar apaixonada por seus personagens. Mas ela conseguiu me surpreender ainda mais, com sua autenticidade, criatividade e romantismo.

Mentira Perfeita é um livro narrado em primeira pessoa, por dois personagens: Júlia e Marcus. 

Júlia é uma programadora - ela faz programação de computadores e manutenção de software, não pense besteira, haha -  e trabalha na L& L. - para aqueles que ainda não leram Procura-se um Marido, L&L é uma empresa de cosméticos. Depois de ser abandonada pela mãe biológica, ela é criada pela tia Berê, uma senhora de um coração e personalidade incríveis.
 Após ter compactuado com a mentira criada pelo seu melhor amigo, Dênis, de que tinha um noivo, ela vê-se enrascada e precisando de ajuda...  
Ela é uma pessoa incrível. Que vê além da aparência e da situação em que as coisas se encontram. Sabe que é inteligente, e usa isso ao seu favor. É aquele tipo de "mocinha" que eu adoraria ser. E por acaso me identifiquei muito com ela, principalmente com o fato de sempre esquecer de tirar os óculos para tomar banho!

Marcus é o irmão mais novo de Max - de Procura-se um Marido - e  um design de games. Após um acidente de moto que o deixou paraplégico, e de todas as coisas que ocorreram depois, ele viu sua liberdade e "direito de ir e vir quando quiser" esvaindo. Com a proximidade do casamento de Max, essa falta de liberdade, seguido do fato de morar com ele e sua noiva, o deixou ainda mais inconformado com sua situação, decidindo ir morar sozinho.
Ele é um mulherengo nato. O fato de ser deficiente físico não o impede de ter seus casos amorosos e arrasar corações por onde passa. Divertido, lindo, um Cassani - sobrenome da família, hehe-  e nerd. Quem não se apaixonaria?

Os demais personagens também são incríveis. Tia Berê, com seu jeitinho único e divertido, Dênis, Alícia, Max ( que já são veteranos em meu coração...).


A história é transmitida de forma leve, fluida, rápida, uma característica da autora. Seus livros são sempre grossos, mas você nunca se importa com isso. Eu pelo menos, sempre sofro quando estou chegando nas últimas páginas...

Alguns temas são abordados de forma belíssima e bem descrita nesse livro. Ainda que sutilmente, o livro fala sobre feminismo, abuso, drogas e suas consequências na relação familiar, deficiência física e todos os problemas e preconceitos que um cadeirante sofre... 

"Às vezes você se sente tão sozinho que parece estar à deriva no meio do oceano. Nada à frente, nada em lugar nenhum exceto as ondas que quebram sobre você, ameaçando engoli-lo. Mas algumas vezes - raras vezes- um ponto negro surge no horizonte e vai crescendo até se tornar a silhueta de um barco, até uma mão se esticar em sua direção e você sair do inferno. Júlia era o meu barco, a mão estendida, o ponto negro no meu nada."

A capa é linda e esse tom de azul é um dos meus preferidos. A diagramação, assim como os anteriores, é ótima, e o cheirinho das folhas... 


Aliás, para aqueles que não leram a sinopse, esse livro é um spin-off de Procura-se um Marido. Não é necessário ler o anterior para ler esse, mas caso queira ler o primeiro, recomendo que o leia antes... Apesar de serem independentes um do outro, Mentira Perfeita contém spoilers de Procura-se um Marido...




Leia também: Procura-se um Marido

E é isso, beijos!

You Might Also Like

2 comentários

  1. Oi Midi!
    Ai, eu fico com uma dor no coração, todo mundo compartilhando os livros da Carina Rissi e amando ela e tals, e eu aqui, nunca li nenhum deles, tipo ???? o quê que eu estou fazendo da minha vida, haha. Mas, não sei, também não me sinto muito entusiasmada, ao menos nesse momento, para ler os livros dela, porém já sei que irei gostar da história.
    Adorei a sua resenha, mas que ótimo saber que primeiro preciso ler Procura-se um Marido... a capa tinha me parecido familiar, mas não tinha me tocado que era um spin-off, hahaha.
    Beijos,

    http://lucyintheskywithbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rê!
      Haha, é, pior que ler um livro, por melhor que ele seja, e não estar na "vibe do momento" não rola... É melhor deixar para um momento em que realmente queira, e aproveitar a leitura! :D

      BEIJOS

      Excluir