[Blogueiros Geeks] Cuspindo em Edward Cullen?

20:54:00


Olá pessoas! Hoje trouxe mais um post coletivo do grupo Blogueiros Geeks. O tema hoje é: Cuspindo no prato em que comi... Uma série, livro ou filme que amava, mas perdeu o interesse.

E eu não tive nem uma dúvida. Crepúsculo foi a minha escolha.

Eu era totalmente viciada nessa saga que arrebatou milhões de fãs. Era tão boberinha que recortava até os jornais em que tinha alguma entrevista ou fotos dos atores e guardava tudo numa pasta especial. Hahaha!

Fui para a estréia do último filme e chorei horrores, pelo término, apesar de ter achado o filme uma droga!!! Sério, gente, que grande decepção foi aquele filme? Aquele bebê... ;/

Enfim, li todos os livros, comprei Amanhecer assim que lançou e tudo o mais. Porém, depois de um tempo, percebi que eu era meio fanática demais. Não via os erros, os defeitos, só via o que eu queria ver: Edward lindo, Jacob maravilhoso... Hahaha!


É claro que, não vou ser hipócrita! Quando bate aquela saudade, assisto os filmes, revejo aquele sorriso torto e lindo do Robert Pattison  - na sua melhor versão de si mesmo -, mas não consigo mais morrer de amores, não consigo dizer que é uma das minhas séries preferidas...

Acho que tudo tem um defeito. E o defeito de Crepúsculo, para essa versão de mim é: A obssesão e a dependência de Bella pelo Edward. Eu achava aquilo fofo e romântico. A pessoa querer se jogar de um penhasco só pra ter alucinações com o cara que te deu um fora? Romântico?!

Outra coisa que me fez "desgostar" ainda mais foi a minha nova aversão a triângulos amorosos. Não consigo me apegar a esse tipo de história, não mais... Quero apenas um amor - em cada história, é claro, haha!

E então, o que acharam da minha escolha? Qual o livro, série ou filme que você curtia muito, mas não consegue  mais saber qual o motivo?



Beijos!!!

You Might Also Like

11 comentários

  1. Oi, Midi!
    Realmente hoje em dia, muita gente cospe no Edward, tadinho.
    Crepúsculo tem um lugar no coração porque foi o que me abriu as portas para alguns livros.
    Realmente o amor entre os dois era bem doentio.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe da promoção de aniversário do blog Crônica sem Eira

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Luiza! Hahaa, não vou mentir que ainda gosto do cara, mas não é mais o meu boy platônico, sabe?

      Ah, legal, essa série foi a primeira de muita gente ;D

      beijos

      Excluir
  2. Oi, Midi! Eu também era muito fã da série, mas nunca fui muito dos filmes, não. Crepúsculo é importante pra mim porque foi o primeiro livro que li mais de uma vez e foi ele que me "introduziu" a esse universo - antes dele eu só lia os livros da biblioteca da escola, não ia atrás de novos nem nada disso. Mas concordo com você em relação a essa dependência da Bella, não é nem um pouco saudável (nem romântico).
    Beijos!

    http://sobrecontarhistorias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Fê! Ai, eu comecei pelo filme, então tenho um certo apego... Eu só li uma vez, acho... Ah, que bom!

      Sim, era meio psicótico, hahaha.

      beijos!

      Excluir
  3. haha concordo com tudo! Eu também era apaixonada pela saga quando mais nova e, hoje, apesar de ainda ter carinho com a série, não gosto da história tanto assim. O Edward é muito stalker e controlador para o meu gosto (na época achava super fofo ele ficar observando ela dormir, hoje acho pra lá de assustador kkkk) e a Bella é muito submissa. E em Crepúsculo foi legal, mas triângulos amorosos já encheram o saco mesmo rs

    Beijos!
    Visite o Mademoiselle Loves Books
    http://www.mademoisellelovesbooks.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahaha, adorei o termo stalker! Sim, eu também achava fofo toda aquela lezeira... Hahaha, bizarro!

      beijos!

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  4. Oi Midi!
    Sério que você acabou "desgostando" de Crepúsculo? Eu li faz um ano e meio, e ainda lembro da série com muito carinho. Passei a gostar mais dos filmes depois de ler os livros até, haha.
    Bem, não sei qual é o nível de obsessão considerado "saudável" (o meu aparelhinho de medir obsessão quebrou faz tempo, rs), mas nunca achei a Bella, assim, obcecada pelo Edward. Ela queria, sim, descobrir se ele era MESMO um vampiro, no primeiro livro, mas concordo que, o casamento foi uma doideirinha, haha. E no segundo livro teve todo aquele esquema com os Volturi... enfim, acho que talvez, ambos Edward e Bella, fossem um pouquinho obcecados um pelo outro, rs.
    Beijos,

    http://lucyintheskywithbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahaha, também não sou a melhor pessoa pra falar sobre obsessão,mas me refiro ao fato dela ser tão dependente dele... Quer dizer, um cara - ainda que seja um vampiro gato e sedutor - termina com você, e tipo, você vai ficar depressiva por meses, chorando e tendo pesadelos, assustando seu pai nas madrugadas, montando numa moto e vendo alucinações, pulando de penhascos? Eu ia era agarrar o lobinho gato que estava lá me querendo, hahahah.

      beijos

      Excluir
  5. Concordo com você!
    Eu já fui uma das fãs fanáticas da saga e com o tempo fui começando a enxergar os defeitos dela. Eu ainda tenho muito carinho pela autora (foi graças a ela que eu passei a ler mais livros) mas hoje em dia se tem uma coisa que eu acho o fim é o "romance" entre a Bella e o Edward. Aquilo não era amor, era obsessão. E o pior é que eu achava isso fofo! x.x
    E não da mais para aguentar triangulo amoro, isso já encheu o saco.

    Epílogo em Branco

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. o/

      Todas nós achávamos aquele "amor" fofo e lindo, haha.

      Sim, não aguento mais triângulos, principalmente entre dois homens e uma mulher, tipo, já deu!!!

      Excluir