Resenha: Os artifícios das trevas - Livro I - Dama da Meia-Noite

18:15:00





Título: Dama da Meia-Noite
Autora: Cassandra Clare
Editora: Galera Record
Páginas: 574



Sinopse: Em um mundo secreto onde guerreiros meio-anjo juraram lutar contra demônios, parabatai é uma palavra sagrada.
O parabatai é o seu parceiro na batalha. O parabatai é seu melhor amigo. Parabatai pode ser tudo para o outro mas eles nunca podem se apaixonar.
Emma Carstairs é uma Caçadora de Sombras, uma em uma longa linhagem de Caçadores de Sombras encarregados de protegerem o mundo de demônios. Com seu parabatai Julian Blackthorn, ela patrulha as ruas de uma Los Angeles escondida onde os vampiros fazem festa na Sunset Strip, e fadas estão à beira de uma guerra aberta com os Caçadores de Sombras. Quando corpos de seres humanos e fadas começam a aparecer mortos da mesma forma que os pais de Emma foram assassinados anos atrás, uma aliança é formada. Esta é a chance de Emma de vingança e a possibilidade de Julian ter de volta seu meio-irmão fada, Mark, que foi sequestrado há cinco anos. Tudo que Emma, Mark e Julian tem a fazer é resolver os assassinatos dentro de duas semanas antes que o assassino coloque eles na mira.
Suas buscas levam Emma de cavernas no mar cheias de magia para uma loteria sombria onde a morte é dispensada. Enquanto ela vai descobrindo seu passado, ela começa a confrontar os segredos do presente: O que Julian vem escondendo dela todos esses anos? Por que a Lei Shadowhunter proíbe parabatai de se apaixonarem? Quem realmente matou seus pais e ela pode suportar saber a verdade?

O que eu penso sobre: Como eu faço para me tornar uma caçadora de sombras? Preciso urgente!!

Como estava com saudades... Cinco anos após os acontecimentos de Cidade do Fogo Celestial, Dama da meia-noite é o primeiro de uma trilogia.

Narrado em terceira pessoa, dando "voz" a cada um dos personagens importantes para o contexto, como Julian, Emma, Cristina...

Mesmo depois do Conselho ter alegado que seus pais foram mortos por Sebastian - o vilão da série Os Instrumentos Mortais -, Emma nunca acreditou nisso, pois o modo como foram mortos não "combinava" com o que Sebastian havia feito...
Enquanto crescia, ela continuou procurando pistas e uma resolução para o caso de seus pais, até que finalmente apareceu algo: Pessoas estavam aparecendo mortas, com marcas no corpo e vestígios de água do mar.

Juntando esse fato mais a possibilidade da volta de Mark -que havia sido sequestrado pela Caçada Selvagem há cinco anos-, Emma, Julian e sua família, com a ajuda de Cristina, uma garota que veio do México, vão à procura do assassino, respostas e vingança.


" Por que todos esses quadros com você? Porque sou um artista, Emma. Essas pinturas são o meu coração. E, se meu coração fosse uma tela, cada centímetro dela retrataria você."

Gente, que livro é esse? Me apaixonei mais uma vez por esse universo tão belo, rico e intenso. Sempre me surpreendo com a capacidade que a Cassandra tem de interligar tudo de um jeito tão único... Quer dizer, o mundo dos caçadores de sombras foi uma ideia tão incrível, que deu espaço pra ela fazer tantas histórias...

E em cada uma dessas histórias, tem aqueles personagens apaixonantes, como Jace de Os Instrumentos Mortais, Will de As peças Infernais - meu pai, preciso ler Princesa Mecânica!!! - e agora Julian... Ai Julian, que bom que não somos parabatai...

Pelo amor de Deus!!! Como não sofrer com esses dois amantes desafortunados? Amar já é um problema, mas amar seu parabatai? É um problema ao quadrado, hahaha.

Achei o modo como a autora desenvolveu esse romance tão lindo. Não foi aquela coisa óbvia, mas ao mesmo tempo todo mundo já sabia. Foi surpreendentemente esperado, foi maravilhoso.

Amei os novos personagens...E aparentemente cada um deles terá seu papel importante no desenvolver da trilogia, sem contar que alguns levantam temas importantes como o altismo - vi isso num site, e também é perceptível, no decorrer da leitura...

Essa capa dispensa comentários, concordam? É linda, tem a mesma pegada das anteriores da autora - holográfica -  e a ilustração tem tudo a ver com a história! A diagramação é ótima e tem folhinhas amarelas e cheirosinhas.



O desfecho foi muito bem trabalhado. Deixou aquela expectativa, característica de um primeiro livro de uma série.

" As pessoas complicam as coisas porque as pessoas são complicadas."





E é isso, beijos!

You Might Also Like

8 comentários

  1. Ainda não li nada da cassandra e sinceramente preciso! Acho que o universo da série é bem completinho né? Daqueles que nos transportam diretamente para lá! :) Fiquei curiosa agora hahah beijos!
    Colorindo Nuvens

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Simm, Dai, leia mulher, haha! É realmente um universo lindo e completo!

      Beijos!

      Excluir
  2. Essa capa é linda demais! o livro está na minha wishlit mas a lista cresce a cada dia que ainda não tive oportunidade de ler. :x

    Vim pelo grupo "blogueiros geeks" sou nova lá hehe

    beijão <3

    Tali
    Cereja Rocks

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, é linda demais! Ah, que bom que está na sua lista, hehe. Verdade, acho que lista de leitura é quase infinita, hahaha.

      Ah, que bom, bem vinda ao grupo :D

      beijo!!!

      Excluir
  3. Quase me apaixonei só de ler sua resenha! HaHa!
    Fico feliz que tenha gostado do livro!
    Ótima resenha!

    Um beijo.
    www.anneabreu.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oi, Midi!
    Desse mundo, eu parei em Cidade de Vidro, mas quero muito ler Peças Infernais. Só estou tentando arranjar um tempo para que eu leia tudo de uma vez.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, que bom Luiza. Por que não continuou, não gostou ou só não teve mais tempo.
      Peças Infernais é muito bom, só não consegui ler o último...

      bj

      Excluir