OS 10 MANDAMENTOS IMPRESCINDÍVEIS DO LEITOR

19:26:00


Quem aqui já ouviu falar em Daniel Pennac?  Eu tinha ouvido falar, anos atrás, mas esqueci! Hahaha. E bisbilhotando o google esses dias, encontrei um texto sobre ele.

O cara é um premiado escritor francês, que escreveu o livro Como um romance, onde criou os 10 direitos de um leitor.

Vamos conhecê-los!


1° O direito de NÃO ler



Às vezes as pessoas esquecem que leitores não vivem para ler, apenas. Que gostam -  e podem gostar - de outras coisas!  

Ninguém é obrigado a ler algo que não gosta também. Não precisamos ler só por que é um clássico, ou por que todo mundo está lendo!



2° O direito de pular páginas



Não é algo que eu goste de fazer, mas TEMOS esse direito. Se você acha que o livro tá meio parado, pule páginas sem medo. É claro que você pode muito bem perder o "fio da meada" no final, perder coisas importantes, mas sinta-se à vontade para escolher!


3° O direito de não terminar de ler um livro



Siiiim, gente! Eu particularmente não gosto de fazer isso, mas se começo um livro e não gosto, abandono logo. Não sou obrigada a ler algo que não me agrada, correto?!


4° O direito de reler


Ai, se existe uma coisa que temos direito é reler um livro que amamos, não é mesmo? Mas quem nunca ouviu " Esse livro, de novo?" 


5° O direito de ler não importa o quê


APENAS LEIA! Busque conhecimento, distração, diversão, o que quiser. Não importa se for uma revista, um texto num blog, um livro de 1000 páginas ou uma receita de culinária... 


6° Direito ao bovarismo


Segundo minhas pesquisas, bovarismo é um estado em que a pessoa foge da realidade, imagina para si uma outra personalidade...

Nós temos esse direito, ora! Temos o direito de imergir de cabeça nos mundos literários, e viver dentro deles enquanto pudermos.


7° Direito de ler em qualquer lugar


No ônibus, no hospital, durante um encontro chato, na cadeia, num casamento... Vamos ler minha gente, sem medo de ser feliz!


8° O direito de ler uma frase aqui e outra ali


Quem nunca pegou seu livro preferido e ficou relendo as cenas que mais gosta? Eu faço isso direto! E é algo tão prazeroso, a gente reler aquelas frases marcantes...


9°  O direito de ler em voz alta



Acho que a maioria das pessoas não gostam de ler em voz alta, mas é algo bem legal de se fazer. Eu consigo gravar o que leio com mais facilidade, se eu ler em voz alta. Façam o teste! ;)

10° O direito de calar



Ninguém é obrigado a falar sobre um livro simplesmente por que o leu. Temos o direito de nos resguardar sobre isso, de não falar e expor nossa opinião. É um direito de todo leitor, como também de todo mundo. 


E é isso galera. Gostaram? Eu achei que faltou o direito de cheirar livros sem ser julgado, comprar quantos livros quiser e não levar reclamação, entrar na livraria e não comprar nada... Hahaha..


Beijooo!

You Might Also Like

12 comentários

  1. Olá!
    Adorei os mandamentos, hahah. Na época dos vestibulares e das leituras obrigatórias, eu gostava de ler em voz alta. Parecia realmente que eu memorizava melhor e compreendia mais (porque alguns clássicos tem uma linguagem meio difícil).

    Beijão
    Leitora Cretina

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi! Que bommmm! :D

      Verdade, é bom ler em voz alta.

      Excluir
  2. Muito legais esses mandamentos, concordo muito com todos! A pessoa tem que ler por prazer mesmo, tudo aquilo que gosta e quando gosta :) Abraço :)

    Red Behavior

    ResponderExcluir
  3. Onde assina?
    Porque eu concordei com tudo isso ai *_*

    ResponderExcluir
  4. HAHAH Adorei!
    Antes eu tinha certa culpa em abandonar um livro pela metade, mas hoje eu penso, meu tempo é tão curto, pra que desperdiçá-lo com algo que não estou gostando, né? haha

    :)
    Colorindo Nuvens

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou, Dai! :)
      Sim, concordo plenamente!

      Excluir
  5. Gostei, concordo contudo embora também não goste de pular páginas!
    Bjs

    www.achadosdamila.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oii, arrasou nos mandamentos, existem livros que precisam ser parados para outros momentos e aqueles que relemos e não conseguimos enjoar.

    Um super abraço.
    Preguiça Literária

    ResponderExcluir